Existem diversos tipos de dieta, desde as que prometem milagres de emagrecimento até aquelas usadas apenas para a manutenção da saúde. Diante disso, saber como escolher a dieta ideal pode ser um verdadeiro desafio.

Certamente você já tentou fazer aquele regime que todo mundo disse que era incrível, mas acabou não funcionando. Isso acontece porque, antes de começar um plano alimentar, é preciso entender quais são as suas reais necessidades.

Parece complicado? Fique tranquilo: reunimos aqui algumas dicas para ajudar a escolher a dieta ideal para seu perfil. Saiba mais!

Procure um profissional especializado

Antes de dar início a uma dieta, é fundamental procurar um profissional especializado. Você pode se consultar com um nutricionista ou um nutrólogo. O primeiro é responsável por prescrever dietas e planos alimentares de acordo com as necessidades do paciente, com o fim de emagrecimento, ganho de massa ou algum tipo de enfermidade. Ele também leva em consideração sua rotina, preferências e intolerâncias.

Já o nutrólogo é um médico especialista no diagnóstico e prevenção de doenças relacionadas ao comportamento alimentar. Geralmente é indicado para pessoas que tenham deficiências nutricionais ou desejem potencializar o resultado de práticas esportivas, por meio de suplementação e reposição de nutrientes.

Verifique se a dieta está de acordo com suas necessidades

Em primeiro lugar, é fundamental que você estabeleça um objetivo. Seja lutar contra a obesidade, seja perder aqueles últimos três quilos ou ganhar alguma massa magra. Entender sua real condição e antecipar o quanto falta para alcançar o que deseja são iniciativas muito importantes.

Isso porque o trabalho realizado para perder 30 quilos não é o mesmo que você tem para o emagrecimento de apenas três. No primeiro caso, é necessário investir em uma dieta com redução calórica gradativa, de longo prazo e que ofereça todos os nutrientes necessários para que o paciente não adoeça. Já no segundo caso, uma dieta mais restritiva de alguns dias poderia resolver.

É importante também entender como está a sua saúde. Algumas pessoas reagem bem a dietas com baixo consumo de carboidratos, por exemplo; mas outros indivíduos, não. A quantidade de calorias ingeridas por dia e os horários para consumir cada alimento também vão variar de acordo com o seu estilo de vida. Portanto, para saber como escolher a dieta ideal, é importante levar em conta a sua individualidade e outros fatores, como sua disciplina.

Descubra se é fácil encontrar os alimentos prescritos

Atualmente, existe uma grande variedade de produtos considerados fitness, desde barras de proteínas até doces low carb e chips de batata-doce. Mas, além de caros, alguns desses alimentos não são facilmente encontrados.

Portanto, observe se na sua região é possível achar todos os itens do seu novo cardápio e se suas finanças suportam o custo dessa proposta de dieta. Há muitas maneiras de comer bem, sem que seja necessário gastar excessivamente com alimentos caros e suplementos. Muito pelo contrário: nada substitui a comida de verdade, e geralmente o básico funciona muito melhor.

Por fim, saber como escolher a dieta ideal não é difícil, mas exige responsabilidade. Afinal, sua saúde e bem-estar não podem ser negligenciados. Portanto, é importante que seu cardápio respeite os horários do seu dia, adaptando-se às suas atividades rotineiras.

Você não precisa necessariamente passar fome ou viver somente à base de salada para emagrecer. O mais importante é incorporar hábitos saudáveis no seu dia a dia e aprender a substituir alimentos nocivos por opções mais interessantes. Que tal experimentar trocar a lasanha por um belo filet com salada primavera, por exemplo? Fica a dica.

Pronta para começar? Receba muito mais dicas como essas ao curtir a nossa página no Facebook e comece agora mesmo a mudar seus hábitos!

Escreva um comentário